Header Ads Widget

Perguntas que não querem calar sobre sobre as novas gestões

SIGA O INSTAGRAM @FOLHAPOTIGUAR

A quem poderia interessar uma falsa narrativa sobre um falso desgaste político de um determinado gestor que iniciou seu mandato (que terá duração de 4 anos) há menos de 4 meses? Com certeza isso é algo que não interessa à coletividade, aos que verdadeiramente desejam que as novas gestões que se iniciam sejam exitosas. 

"Ah, mas é que tem que ter pulso para mostrar que está no comando". Oi??? E de onde sai a ideia de que estaria faltando "pulso" em determinados gestores? O que eles têm deixado de fazer por suposta "falta de pulso"? Que tal considerar a possibilidade de as gestões estarem sendo conduzidas exatamente como desejam os novos gestores pensando a médio e longo prazo? 

O que explicaria chiliques de correligionários ao verem o início de determinadas novas gestões sendo aprovado em pesquisas e/ou enquetes? Esse tipo de comportamento é usual para adversário e não para alguém que se diga correligionário. Deveriam estar felizes com aquilo que é um bom indicador. 

"Ah, ainda é muito cedo para dizer que a gestão está aprovada". Oi??? Não acham que também é cedo para tantas críticas? Não acham que também é cedo para falar em suposto desgaste? Não acham que também é cedo para concluir que determinados novos gestores terão apenas um mandato, quando eles gozam do direito a reeleição? 

Por fim, o ideal é a POSITIVIDADE diante das novas gestões que estão só começando. O negativismo não combina com o verdadeiro desejo de que as novas gestões tenham êxito.

Postar um comentário

0 Comentários