Prefeito Juninho Alves assegura total apoio na para coibir insegurança na região da Escola Agrícola em Caraúbas - Folha Potiguar - Notícias e opinião - RN

Últimas Notícias

Post Top Ad

Responsive Ads Here

Post Top Ad

Responsive Ads Here

sexta-feira

Prefeito Juninho Alves assegura total apoio na para coibir insegurança na região da Escola Agrícola em Caraúbas

Na tarde/noite desta quinta-feira 02, o prefeito Juninho Alves se reuniu com os pais, conselho escolar, gestores, coordenação e representantes de alunos da Escola Estadual Agrícola Professor Almiro de França Silva, localizada no Assentamento Primeiro de Maio. O motivo do encontro, que aconteceu na Câmara de Vereadores e teve como pauta principal, discutir a insegurança em torno da unidade escolar, após um dos motoristas do ônibus que transporta os alunos, ter sido assaltado, o que gerou preocupação e medo na comunidade escolar.

 

Durante a reunião, que também contou com a presença do presidente do Legislativo Hamilton Bezerra; do capitão da PM, Costa e Silva e; da diretora da Direc Apodi, Luzia Pinto, Juninho Alves  e  Hamilton Bezerra se colocaram à disposição para viabilizar soluções junto as autoridades policiais.

 

"Estamos aqui com o nobre representante da Polícia Militar, que vai manter um esquema de escolta para os ônibus e o patrulhamento da região para coibir novas ações dos criminosos", destacou Juninho Alves.

 

Por sua vez, Luzia Pinto, Diretora da 13ª Direc ressaltou que o prefeito Juninho Alves é um grande parceiro e o convidou para ir até a Governadora solicitar mais segurança. Ela agradeceu também ao Capitão pelo apoio e pelo trabalho da Policial no episódio do assalto ao motorista.

 

A reunião finalizou com o compromisso de Juninho Alves em conseguir novos ônibus e buscar, junto ao poder estadual, uma estrada que ligue a cidade ao Primeiro de Maio.  Presentes na reunião: Juninho Alves; Hamilton Bezerra; capitão Costa e Silva; Luzia Ponto (13ª Direc); Wésia Sena; coordenadora Ana Paula Cruz; diretor Ivanildo Costa; pais e; vereadores.  



Nenhum comentário:

Postar um comentário