Header Ads Widget

Ação de conscientização e de mobilização marca o Dia Mundial de Conscientização da Violência Contra a Pessoa idosa em Felipe Guerra

Equipe da Assistência Social foi às ruas com serviço de carro de som, exibição de faixas, cartazes e distribuição de panfletos com destaque para o Junho Violeta, mês dedicado à causa.

No Dia Mundial de Conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa, celebrado nesta terça-feira (15), o Governo Municipal de Felipe Guerra, através da Secretaria Municipal de Assistência Social, realizou importante ação de mobilização e conscientização. A equipe de profissionais que atuam nos mais diversos programas desenvolvidos para a pessoa idosa no município, percorreram as ruas de Felipe Guerra com serviço de carro de som, exibição de faixas, cartazes e distribuição de panfletos com destaque para o Junho Violeta, mês dedicado à causa, o qual representa um período de maior reflexão para que juntos possamos vencer este grande mal que vem assolando os idosos, o aumento expressivo do número de denúncias desde o ano de 2020 com o início da crise sanitária.

Dados do Disque 100 revelam que, só no primeiro semestre deste ano, mais de 33,6 mil casos de violações de direitos humanos foram registrados contra o idoso no país. E para enfrentar esse tipo de violência, o Governo Federal lançou a campanha com o tema “Fortalecendo as redes de proteção de direitos”. Também foi anunciado hoje o Pacto Nacional de Implementação da Política de Direitos da Pessoa Idosa, que já conta com a adesão de pelo menos 12 estados.

De acordo com a Secretária de Assistência Social, Fátima Maia, em Felipe Guerra/RN, a principal violência que tem sido registrada contra a pessoa idosa, e que vem sendo enfrentada seriamente pelo Governo Municipal, é a violência financeira, a qual ocorre quando  parentes mais jovens se apossam até mesmo da aposentadoria de idosos, contraem inúmeros empréstimos sem a devida autorização dos mesmos e os colocam em situações muito delicadas, de forma que idosos chegam até a passar fome.

Diante de qualquer caso de violência contra a pessoa idosa, a Secretária Fátima Maia pede que a população faça sua parte e denuncie, seja através do Disque 100, que é o canal ofical, ou direto no CRAS do município.

Fotos: Noberto Andrade e Edivaldo Barboza

Postar um comentário

0 Comentários