Header Ads Widget

Declaração do IRPF 2021 entre felipenses está 70% abaixo da média nacional

SIGA O INSTAGRAM @FOLHAPOTIGUAR

De acordo com o leoa.com.br, mesmo com a prorrogação do prazo até 30 de junho, no município de Felipe Guerra/RN, até este domingo (25/04), dos 5.972 habitantes estimados pelo IBGE apenas 266 contribuintes fizeram a declaração do Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF). O número representa apenas 4,45% da população e fica 70% abaixo da média nacional que é 14,76%.

O montante arrecadado pela União entre os contribuintes felipenses até o momento soma R$ 770.515,99, uma média de R$ 2.896,68 por contribuinte.

A renda per capita no município é de R$ 30.247,13.

O número de contadores em Felipe Guerra vem crescendo aos poucos. Hoje, estima-se que 10 contadores atuem no município, cobrando pelo envio da declaração de IR um preço médio de R$ 202,49.

Quem é obrigado a declarar?

È obrigado a declarar neste ano, entre outras situações, quem ganhou mais de R$ 28.559,70 em 2020.

O que acontece se o contribuinte declarar fora do prazo?

A declaração entregue fora do prazo estabelecido pela Receita Federal está sujeita a multa de 165,74, até 20% do imposto devido. Já para quem teve imposto devido, a multa é de 1% ao mês, limitada a 20% do imposto devido.

E o contribuinte que não entregar a declaração?

Com base na legislação e procedimentos de fiscalização e cruzamento de dados, a situação poderá ser lançada no auto de infração, como regra geral, a multa de ofício, que é de 75% sobre o valor de imposto devido.

O Direito tributário classifica a situação como tentativa de ocultar informações, este valor pode alcançar o patamar de 150%, como multa qualificada, além de outras sanções.

Fonte/Rede News 360

Postar um comentário

0 Comentários