Header Ads Widget

Foragido da Justiça pernambucana e apontado como um dos maiores assaltantes de banco do país é preso em Aracaju

Imagens/Arquivos internet

Em operação deflagrada pelo Departamento de Narcóticos (Denarc), Centro de Operações Policiais Especiais (Cope), Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (Core) e Polícia Civil da Paraíba, foi preso um dos principais assaltantes de banco do país. A ação policial, deflagrada na noite dessa quinta-feira, 11, resultou na prisão de Ranielly Brito de Azevedo, 38 anos, natural de Caraúbas, RN, e também prendeu Fernanda Belarmino da Silva, 30. Eles também possuem envolvimento com o tráfico de drogas e as prisões ocorreram em um hotel localizado na Orla de Atalaia, em Aracaju.


Contra Ranielly existem cinco mandados de prisão, a maioria por tráfico. Ele fugiu no dia 10 de julho do ano passado, da Penitenciária Dr. Ênio Pessoa Guerra, na cidade de Limoeiro (PE), quando um grupo usou dinamite para explodir um dos muros da unidade prisional para retirá-lo do local.


Ainda de acordo com a SSP/SE, a mulher presa Fernanda possuía três mandados de prisão. Ela estava foragida do estado do Rio Grande do Norte. No dia 30 de dezembro, a Polícia Civil do RN deflagrou operação para o cumprimento de decisão judicial de apreensão de bens, tendo em vista que ela, junto a ao esposo, estavam sendo investigados em ações criminosas voltadas à prática do tráfico de drogas naquele estado. O marido dela continua preso.


Os presos foram encaminhados a uma unidade policial e, em seguida, levados aos estados de origem por meio de escolta aérea feita pela aeronave do Grupamento Tático Aéreo (GTA).


A operação foi deflagrada pelo Departamento de Narcóticos (Denarc), Centro de Operações Policiais Especiais (Cope), Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (Core) e Polícia Civil da Paraíba.


Fontes: Icém Caraúbas/G1: Sergipe

Postar um comentário

0 Comentários